À deriva

Boeing 767 russo 'esquecido' no Aeroporto de Hong Kong pode ser vendido

A empresa Transaero teve sua aeronave apreendida por falta de pagamento ao aeródromo chinês

Por Ernesto Klotzel em 5 de Julho de 2016 às 17:00

O Aeroporto de Hong Kong pode colocar à venda o Boeing 767 da empresa russa Transaero que está retido pelo aeroporto chinês desde dezembro de 2015, por falta de pagamento do aluguel. Segundo autoridades chinesas, o aeroporto tem permissão para vender o 767 para recuperar os débitos.

A Transaero Airlines, que já foi a maior companhia aérea russa, deixou de operar em 15 de outubro do ano passado devido às dividas acumuladas. O Boeing 767 decolou do Aeroporo de Domededovo, em Moscou, e pousou em Hong Kong, na China, em 26 de outubro de 2015, após a cassação de sua operação comercial.


Notícias Hong Kong Russia


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas