Aviação regular

Da redação em 13 de Maio de 2013 às 13:47

LATAM RECEBE PRIMEIROS A320 COM SHARKLETS
TAM e LAN, dois dos principais clientes da Airbus em termos de encomendas, aeronaves em serviço e backlog e membros do Grupo Latam Airlines, receberam seus primeiros Airbus A320 equipados com sharklets. A aeronave da LAN operará voos dentro do Chile, enquanto a da TAM servirá a rotas domésticas no Brasil. Segundo a Airbus, juntas, as duas companhias encomendaram 380 aviões e têm mais de 240 aeronaves em operação. Seu backlog conjunto da Airbus totaliza quase 180 unidades. O uso dos sharklets permitirá que as companhias aéreas reduzam a queima de combustível em até 4% em trechos mais longos e diminuam a emissão de CO2 em aproximadamente 1.000 toneladas por avião por ano, garante a Airbus. A TAM também adquiriu mais dois Boeing 777, que vão operar entre Brasil e França e aumentar em 63% a oferta de assentos nessa rota. Ainda sobre a TAM, o jornal O Estado de São Paulo informou que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou seu acordo de compartilhamento de voos (code share) com a American Airlines para cerca de 50 destinos dos Estados Unidos e Canadá. A LAN Colômbia, por sua vez, incorporou à sua frota internacional três novos aviões Boeing 767. A capacidade dos voos que partem de Bogotá com destino a Miami (Estados Unidos) e a São Paulo aumentará em 47% (o número de assentos disponíveis passará de 162 para 238) com a chegada das novas aeronaves.

ANA E JAL MODIFICAM SEUS 787
As companhias aéreas ANA e JAL começaram a substituir os sistemas de baterias dos seus jatos 787, após a FAA aprovar as mudanças feitas pela Boeing. A ANA, que possui 17 unidades do Dreamliner, iniciou a substituição em cinco aeronaves nos aeroportos de Narita, Haneda, Okayama e Matsuyama. A JAL, por sua vez, começou a realizar os trabalhos de modificação da aeronave nas suas seis unidades localizados nos aeródromos de Haneda e Narita (a companhia aérea possui mais uma unidade em Boston).

UNITED AIRLINES ENCOMENDA 30 E-JETS
A Embraer anunciou a assinatura de um contrato com a United Airlines para a venda de 30 jatos Embraer 175, com opções para mais 40 aeronaves do mesmo modelo, tendo totalizando 70 aviões. Se todas as opções forem exercidas, a encomenda combinada tem um valor estimado de US$ 2,9 bilhões a preços de lista. A parceria entre a Embraer e a United, criada a partir da fusão de United Airlines e Continental Airlines em 2010, começou com a venda do turboélice EMB 120 Brasília à Continental Airlines na década de 1980. Posteriormente, a Continental adquiriu um jato ERJ 145 no seu lançamento e, ao longo dos anos, comprou um total de 275 aeronaves, a maior frota mundial de ERJ. Atualmente, 38 jatos E170 voam com os parceiros regionais da United com a marca United Express. Mais de 150 jatos E175 estão atualmente em serviço com 12 empresas aéreas no mundo.

Notícias

Artigo publicado nesta revista


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas