Aviação Regular

Santiago Oliver em 2 de Outubro de 2012 às 11:01

BOEING 737 ECOEFICIENTE
Boeing, American Airlines e Administração Federal de Aviação dos EUA apresentaram no Aeroporto Nacional Reagan o avião ecodemonstrador Boeing 737-800, que faz parte do programa Continuous Lower Energy, Emissions and Noise (CLEEN). "Ele mostra como estamos pesquisando tecnologias e materiais avançados para fazer os aviões operar mais eficientemente e produzir menos emissões de gases e ruído", disse John Tracy, diretor de tecnologia da Boeing. Entre as tecnologias adaptadas no Boeing da AA estão soluções aerodinâmicas para reduzir arrasto, variação de área dos bicos dos fans, célula de combustível renovável e trajetórias otimizadas.

AVIANCA E TACA UNIFICAM OPERAÇÕES
Desde setembro, as operações da Avianca/TACA no Brasil passaram a acontecer de modo unificado. A exemplo do que já acontece em outros países, as empresas agora vendem passagens e realizam check-in internacional integradamente. Na prática, a Avianca Brasil representará a Avianca/TACA no país. A Avianca/Taca interliga cerca de 100 destinos e conta com mais de 140 aviões. Ainda sobre a Avianca, sua unidade de carga, a Avianca Cargo, acaba de inaugurar um terminal no entorno do Aeroporto de Congonhas. Com 400 m2 de área de movimentação de cargas, o novo terminal será o segundo maior da empresa. As mudanças no terminal da Avianca Cargo pretendem facilitar a vida dos agentes de carga e clientes diretos, em um espaço mais amplo e com maior capacidade. A atividade de carga volta a crescer no Brasil e a Avianca mira Ilhéus, Recife e Galeão, no Rio.

AEROLÍNEAS ARGENTINAS INGRESSA NA SKYTEAM
A Skyteam anunciou seu mais novo membro, a companhia sul-americana Aerolíneas Argentinas. É o 18º membro a ingressar na aliança e o primeiro da América do Sul. Com isso, a Skyteam passa a contar com 40 novos destinos. "Estamos satisfeitos com o ingresso [da Aerolíneas], esse é um marco significativo em nossos esforços para fortalecer nossa rede sulamericana", afirma Michael Wisbrun, diretor da Skyteam. Para a companhia, juntar-se à aliança significa uma reestruturação no longo prazo, como a renovação da frota, a racionalização da rede, a atualização das plataformas de tecnologia e aumento do programa de fidelidade. Hoje, a Aerolíneas voa para 52 destinos em 14 países a partir dos dois aeroportos de Buenos Aires, Ezeiza e Aeroparque, incluindo 35 destinos dentro da própria Argentina.

LAN QUER VOAR PARA O BRASIL
A LAN Airlines solicitou autorização para operar como companhia aérea chilena na rota Santiago-Rio de Janeiro-Miami, a primeira como Latam, a partir de 21 de janeiro de 2013. Por enquanto, não se sabe se essa linha complementará ou substituirá nesses trechos a atual oferta da TAM, que desativará seus três Boeing 767-300ER, embora a companhia aérea brasileira tivesse informado que aumentaria as operações com seus A330-200. A LAN quer realizar essa operação com jatos Boeing 767-300ER para 221 passageiros, configurados com 30 lugares na classe executiva e 191 na econômica. A LAN também acabe de receber da fábrica da Boeing em Everett, estado de Washington, EUA, o primeiro de uma encomenda de 32 jatos 787 Dreamliner, tornando-se a primeira companhia aérea das Américas - e a quarta do mundo - a receber a nova aeronave.

EMBRAER ENTREGA 190 PARA CONVIASA
A Embraer entregou o primeiro jato Embraer 190 à companhia aérea venezuelana Conviasa, que tem um pedido firme para seis aviões. O contrato prevê a opção de compra de mais 14 unidades, além de um simulador de voo e um pacote logístico de apoio à operação durante os próximos cinco anos. Os E-Jets da Conviasa, que serve 14 destinos domésticos e nove internacionais, contam com 104 assentos em classe econômica. Os venezuelanos são o décimo primeiro cliente da família de jatos da Embraer na América Latina, mercado que deve crescer acima da média mundial nos próximos 20 anos.

AZUL E TRIP FUNDEM MARCAS
A futura empresa que será formada da fusão entre Azul Linhas Aéreas e Trip Linhas Aéreas já tem uma marca definida e se chamará Azul. A decisão é resultado de uma pesquisa, que aponta que a Azul detém uma marca de maior presença no mercado. O logotipo será o mesmo de hoje, porém, o "u" do Azul será pintado em um tom que remete à cor da Trip. Duas aeronaves, um ATR e um E-Jet, manterão as cores da Trip. Um novo jato será pintado de prata, para simbolizar a união das empresas, e, por ora, toda a frota levará um adesivo com a inscrição "Azul e Trip: juntas pelo Brasil". A fusão entre as empresas foi anunciada em 28 de maio último e ainda depende de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

BOEING 747-8F PARA ATLAS E 777 PARA ETHIOPIAN
Atlas Air Worlwide Holdings informou que assinou um acordo de "wet leasing"(Aircraft, Crew, Maintenance and Insurance - ACMI) com a DHL Express para a utilização dos seus sexto e sétimo Boeing 747-8 Cargueiros. Essas aeronaves serão operadas pela Atlas Air Inc., uma unidade da Atlas Air Worldwide na rede expressa Polar Air Cargo Worldwide. Enquanto isso, o primeiro Boeing 777F para o continente africano foi entregue à Ethiopian Airlines. Assim, a companhia aérea começa a substituir as aeronaves mais antigas, para poder contar com uma frota mais eficiente. O novo jato foi arrendado pela GECAS. A Ethiopian voará para o Brasil.


Notícias

Artigo publicado nesta revista


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas