Faltam poucas semanas para a abertura da Copa do Mundo da FIFA e o Brasil se prepara para sediar o maior evento de sua história. Desembarcarão no país os torcedores e as comissões técnicas de 32 seleções classificadas para o torneio, além de organizadores, patrocinadores, convidados e a imprensa estrangeira em peso. Receber bem tanta gente em um curto intervalo de tempo é um desafio para o país em geral e para a aviação em particular, conforme reportamos em quatro matérias especiais nesta AERO. Na principal delas mostramos como as autoridades e as companhias aéreas pretendem organizar a malha aérea entre junho e julho próximos, quando a bola estará rolando nos gramados dos estádios das 12 cidades-sede. Também falamos sobre a Emirates, patrocinadora oficial FIFA, que continua com planos de trazer seu A380 para o Brasil, entrevistamos o presidente do GRU Airport, que inaugura o terminal 3 agora em maio, e apresentamos os planos do Aerovale, primeiro aeroporto privado nacional a entrar em operação como aeródromo público, o que pode ser oportuno para a acomodação da aviação executiva, especialmente na abertura e na final da Copa.

Ainda sobre o transporte aéreo privativo, a indústria nacional começou o ano com uma notícia história. Segundo relatório da Associação dos Fabricantes de Aviação Geral (GAMA), o Embraer Phenom 300 foi o jato executivo mais entregue de 2013, o que lhe rendeu a capa da revista e uma reportagem sobre suas vantagens competitivas por ter sido projetado do zero. A indústria também é destaque no artigo que produzimos sobre a América Latina. Nele mostramos as perspectivas dos principais fabricantes para a região na aviação regular, militar e executiva, com destaque para as investidas de Boeing e Airbus para promover os novos A350 e 777X, respectivamente, além da primeira turnê do Learjet 75 por países da América do Sul.

Nesta edição, ainda, preparamos uma matéria completa sobre os dispositivos eletrônicos portáteis, ou simplesmente PDE, que invadiram o cockpit de aeronaves de todos os portes. São dicas de como usar tablets e smartphones com segurança e também de aplicativos úteis para aviadores. Por falar em segurança, continuamos acompanhando com atenção o desfecho do episódio envolvendo o voo MH370, cercado de mistérios até o fechamento desta edição. A única certeza que se tem até agora é que, em meio a tantos recursos tecnológicos de comunicação, parece inconcebível imaginar o sumiço inexplicável de um dos mais sofisticados jatos já construídos pelo homem. Lições serão tiradas deste evento.

Bom voo,
Giuliano Agmont e Christian Burgos


Editorial aviação copa 2014 Embraer Phenom A350 777X Boeing MH370

Artigo publicado nesta revista

NBAA 2016

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas

Mais lidas

1 Polônia poderá comprar 100 aviões de combate Notícias
2 Jatos novos voarão na aviação comercial sul-coreana Notícias
3 O novo Beluga XL da Airbus toma forma Notícias
4 Guarulhos receberá voos regulares do maior avião do mundo Notícias
5 Monomotor turbo-hélice TBM 900 será oferecido com nova aviônica Notícias
6 O Sequestro do voo 305 História
7 100 aeronaves que marcaram a virada do século 20 para o 21 Notícias
8 Morre último astronauta a pisar na Lua Notícias
9 O que alguns pilotos comerciais têm em comum Notícias
10 Helicópteros são presa fácil na mira dos raios laser Notícias