Turbo-hélices em voos comerciais

Autoridade europeia aprovará monomotor comercial em voos por instrumentos

Instrumentação e desempenho na decolagem estão entre os desafios

Ernesto Klotzel em 9 de Fevereiro de 2017 às 17:32

A Agência Européia de Segurança de Voo (EASA) vai emitir neste ano, uma nova regulamentação que permitirá a utilização comercial de monomotores turboélice em condições meteorológicas por instrumentos (SET-IMC, também conhecida por SETOps). Para muitos operadores, esta liberação representou uma espera de 20 anos e deve afetar a aviação comercial e de negócios; outros, porém, julgam que seu impacto não será tão grande.

A SETOps não é realmente nova na Europa, já que diversos operadores já voavam protegidos por licenças especiais. É inevitável que a adoção disseminada das novas práticas do voo monomotor em condições meteorológicas IMC traga desafios na eventual adequação das aeronaves aos novos padrões, entre eles a instrumentação para voos por instrumentos (navaids), operações CAT3 e decolagens seguras utilizando apenas 60% da extensão da pista.


Notícias EASA SET-IMC SETOps


Airbus, Nova Rival da Embraer

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Airbus, Nova Rival da Embraer

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar

Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas