Especial Labace / Completion

Atenção ao customizar

Evite que imprevistos atrasem ou encareçam a entrega do seu avião ou helicóptero ao optar por acabamentos personalizados

Por Shailon Ian * em 1 de Agosto de 2015 às 00:00

Gulfstream G500
Gulfstream G500

Ao comprar uma aeronave, nova ou usada, o proprietário pode personalizar seu interior e optar por equipamentos diferentes daqueles que originalmente viriam nela instalados. Esse processo de acabamento, chamado completion, ou finalização, representa uma parcela significativa dos contratos de aquisição envolvendo aviões e helicópteros com propósitos específicos, como os da aviação de negócios.

Podem realizar a customização de uma aeronave seu fabricante ou oficinas especializadas, os completion centers. Alguns fabricantes, porém, possuem seu próprio centro de personalização – independente da linha de montagem – e, no momento de uma compra, emitem cotações distintas da aeronave green (ou seja, sem nenhuma personalização de interior, pintura ou equipamentos) para a aeronave que receberá customização na oficina, deixando clara a participação de cada um dos serviços no investimento total.

Configurações diversas

A evolução de tecnologias e processos de fabricação ampliaram as possibilidades de customização. Desde que haja tempo e disposição financeira, e respeitando as especificações da aeronave, existe uma enorme gama de configurações viáveis. Cada helicóptero ou avião é um produto único, no qual o futuro proprietário pode escolher o acabamento que deseja, colocando em prática aquilo que pensou.

O cinema já foi pródigo em nos trazer referências do que grandes magnatas podem fazer com as suas aeronaves. Na vida real também não faltam exemplos interessantes. Proprietários de aeronaves podem imaginar seu avião como uma extensão de sua residência, fazendo personalizações que reflitam todo o conforto e a excentricidade que ele possui em casa. Um caso famoso envolveu um Boeing 767 que recebeu customização para aviação de negócios, incluindo, além do conforto permitido por uma cabine tão grande, revestimentos de ouro para os metais e três baias completas para seus cavalos, permitindo que os animais pudessem sempre acompanhá-lo em viagens.

Falcon 7X
Falcon 7X

Escritório a bordo

Na grande maioria das vezes, no entanto, o que se observa são projetos mais práticos, voltados para a transformação do avião ou helicóptero em um local de trabalho. Nesses casos, além de contar com a agilidade e o conforto comuns à aviação de negócios, o dono da máquina recebe a garantia de condições de trabalho similares às que possui em terra. Assim, a aeronave se transforma em uma extensão do próprio escritório.

A inclusão de mesa de conferência em jatos intercontinentais permite grande ganho de produtividade, já que o tempo em rota pode ser utilizado por equipes de executivos para realizar reuniões de trabalho e, em aeronaves equipadas com sistemas de transmissão de dados e conexão à internet, até mesmo videoconferências.

A gama de customizações envolve, ainda, aplicações específicas de aviões ou helicópteros, como o uso combinado da aeronave ora como escritório para transporte VIP ora como UTI aérea, bastando instalar um kit rápido de conversão de uma configuração para outra.

Legacy 500
Legacy 500

Aviônicos e motores

Além do interior e da aparência externa, os equipamentos de apoio ao voo também são passíveis de customização. Entre as personalizações rotineiras estão os sistemas de monitoramento da aeronave e dos componentes críticos, como os motores. Esse tipo de customização permite um melhor controle pela equipe de manutenção, maior visibilidade do estado dos componentes e, consequentemente, redução dos custos recorrentes de manutenção.

Mais uma fonte de customização são os itens de conforto e apoio à tripulação, como os Head Up Displays (HUD). O mesmo se aplica aos equipamentos adicionais de navegação aérea ou sistemas de contramedida e proteção eletrônica, aumentando a “blindagem” da aeronave contra interferências ilícitas.

Opções de acabamento desenvolvidas em conjunto com escritórios renomados de design e arquitetura, como o DesignWorks do grupo BMW, que desenhou o acabamento dos jatos Phenom, ou a Mercedes-Benz Studio, que já desenvolveu vários projetos para a Airbus Helicopters, também fazem parte da estratégia de customização de aviões e helicópteros. Nesses casos, há um grau menor de customização, já que as possibilidades de acabamento ficam restritas ao projeto, porém, o desenvolvimento feito conjuntamente com o fabricante da aeronave proporciona redução de prazos e custos.

Decisão consciente

Aqueles que desejam liberdade na hora de decidir pela customização de sua aeronave podem solicitar ao fabricante ou a um completion center o desenvolvimento de um projeto específico que atenda às suas necessidades e expectativas, para então ter a cotação da instalação e seu respectivo prazo de desenvolvimento. Muitas vezes, isso faz com que o investimento na personalização atinja valores significativamente altos se comparados com o valor base da aeronave.

Além de escolher corretamente tanto a configuração quanto o completion center, o futuro proprietário deve avaliar alguns fatores adicionais para garantir que o acabamento desejado se torne uma realidade. O tempo estimado para a realização do serviço, por exemplo, pode inviabilizar uma escolha caso haja necessidade de disponibilidade imediata do ativo.

O valor de revenda da aeronave é um fator igualmente importante no momento da decisão, portanto, o proprietário deve avaliar o quanto cada item de customização pode impactar no valor futuro de seu bem. Detalhes como decoração específica na aeronave podem trazer prejuízos no momento de se desfazer do ativo.

Também devem ser considerados no momento da contratação do fornecedor a experiência do completion center em acabamento de aeronaves similares, como será realizado o acompanhamento da execução do serviço e quem será responsável por emitir o aceite técnico final.

Global 6000
Global 6000

Certificação suplementar

Um aspecto significativo, e muitas vezes negligenciado, durante o processo de compra de uma aeronave diz respeito à legislação. A personalização de um avião ou helicóptero, mesmo dentro do pacote sugerido do fabricante, pode demandar a obtenção de um Certificado Suplementar de Tipo (CST). Isso ocorre quando a customização envolve a instalação ou remoção de equipamentos, ou a modificação de layout e áreas que alterem as características de performance originalmente previstas na aeronave, apresentadas pelo fabricante ao órgão regulador durante sua certificação no país. Nesses casos, a regulamentação aeronáutica estabelece que tais personalizações passem por certificação específica para expedição de um CST. É justamente esse processo que irá garantir que as características de segurança e desempenho da aeronave sejam mantidas dentro dos critérios especificados no seu projeto original.

Portanto, antes de importar uma aeronave, mesmo nova, certifique-se de que todas as modificações instaladas durante o completion foram devidamente certificadas pela autoridade aeronáutica do país do fabricante da aeronave e também pela ANAC, no Brasil. Não raro, a falta de certificação prévia do acabamento ou de algum equipamento específico instalado é detectada durante a vistoria inicial da ANAC, no momento de importação da aeronave, gerando custos não programados e a frustração no proprietário por ter sua aeronave impedida de voar mesmo depois de entregue pelo completion center.

A situação torna-se ainda mais crítica porque um processo de certificação pode demorar vários meses, dependendo da complexidade do projeto. Nesses casos, o custo e, principalmente, a ansiedade do proprietário aumentam significativamente enquanto a aeronave está no chão sem o certificado de aeronavegabilidade.

Para reduzir as chances de frustração, o futuro proprietário deve considerar cuidadosamente cada opção oferecida para personalização da sua aeronave antes da assinatura do contrato de compra. A despeito de toda a comoção inerente à aquisição de uma aeronave, o processo de compra deve ser gerenciado de forma essencialmente técnica. Ou seja, é extremamente importante ao futuro proprietário verificar a provisão de alguns itens fundamentais ao completion da aeronave no momento de oficializar a aquisição, como, por exemplo, a obrigação do vendedor de garantir a certificação prévia na autoridade brasileira de todas as personalizações instaladas na sua aeronave.

O nível de complexidade e a quantidade de detalhes de um projeto de customização, principalmente para aeronaves de maior porte, exigem uma negociação criteriosa, com atenção a cada detalhe do processo e, principalmente, no aceite das customizações.

Em resumo, a correta gestão do completion da aeronave, com o investimento adequado de tempo na negociação, no planejamento e no acompanhamento da execução dos serviços, permite ao futuro operador antecipar eventuais problemas e evitar que imprevistos atrasem ou encareçam a entrega do avião, possibilitando, assim, que essa vantajosa ferramenta de trabalho seja incorporada na sua rotina dentro dos prazos e investimentos inicialmente desejados.

Shailon Ian é engenheiro aeronáutico e sócio-presidente da Vinci Aeronáutica


Especial completion center customizar entrega avião personalizado

Artigo publicado nesta revista

Le Bourget

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 54,08 6x R$ 47,68
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Le Bourget

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas