Dirigível

Dirigível Airlander de volta ao voo após “pouso duro”

O dirigível hibrido ficou no chão para reparos durante nove meses

Por Ernesto Klotzel em 17 de Maio de 2017 às 11:53

A maior estrutura em voo no mundo – fabricada pela Hybrid Air Vehicles (HAV) – soltou amarras no aeródromo de Cardington (Reino Unido) em 10 de maio, para um voo de 2h45 após um período de nove meses em terra para revisões e reparos após um pouso infeliz. Estava então cumprindo a segunda etapa de testes.

O recomeço dos ensaios em voo foi desenvolvido em três etapas, como informou a HAV, cada qual com um alcance progressivamente maior com relação a base de Cardington: uma decolagem e pouso seguros; o estabelecimento das características de controle dentro do “envelope”; e a coleta de dados de desempenho.

Embora o hiato no programa de ensaios tenha custado US$ 8,7 milhões à HAV, a empresa se mantém otimista quanto ao potencial do Airlander, utilizando o protótipo como plataforma de pesquisas a curto prazo seguido pelo início de produção.

A companhia confia na possibilidade de – dentro de alguns meses – assinar um contrato militar no exterior. 


Notícias Hybrid Air Vehicles Airlander

Learjet 75

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 172,80R$ 302,40R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 43,20R$ 129,60R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 57,60 6x R$ 50,40
Assinando agora você GANHA também CHAVEIRO PORTA COPOS
Learjet 75

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim AERO Magazine

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas